O que é Rapport no Design de Estampas?


O conceito de Rapport, do francês, muito se assemelha à palavra repeat, do inglês, que quer dizer “repetição”. O seu significado pode ser entendido como um padrão de imagens ou desenhos constituídos a partir de sua repetição, dando a impressão de continuidade, preenchimento e ritmo.

O rapport é um recurso que pode ser explorado em diversos materiais utilizando-se o design de estampas no contextos da moda, sendo aplicado em um produto têxtil ou não, já que ele também serve para quadros, vasos, e onde mais a criatividade permitir.

O que é Rapport no Design de Estampas?

Você sabia que termos como estampa corrida, estampa infinita, estampa contínua são relacionados a Rapport?

Como fazer Rapport?

O rapport surge sempre a partir de um módulo, que é a menor área onde estão concentrados todos os elementos visuais que fazem parte da imagem. Este módulo, quando repetido, forma a padronagem, que significa a composição e organização de seus elementos.

Como fazer Rapport?

São diversas as maneiras para se repetir um módulo. Ele pode ser encaixado a partir de um eixo, com rotação e reflexão.

Combinar dois módulos em posições diferentes, criando um módulo mais complexo, permite também a sua repetição em outras posições – os softwares para design de superfície ajudam nesse processo. Além de tudo isso, não se pode descartar a possibilidade de criar uma padronagem em que os módulos não se encaixem.

 

Pensando em começar com estampas? Clique no botão abaixo para conhecer o Jeito Fácil e o Jeito Difícil de começar…

Entenda como Começar a Trabalhar com Estampas sem Precisar Gastar NENHUM Real em Máquinas

 

Técnica de Rapport em estamparia

Para criar o repport é muito importante observar algumas técnicas em relação a repetição do módulo. A representação gráfica mais recomendada é a formada por 9 módulos, para que  o módulo inicial fique no centro e seja cercado no comprimento e na largura de modo contínuo por outros 8 módulos.
Além disso, a importância da repetição do desenho está na quantidade de vezes que o motivo irá aparecer na estampa e na limitação de espaço físico do material. Por conta disso, entre os tipos de rapport existem dois se destacam:

  • Salto Direto – quando os motivos encontram-se alinhados lado a lado;
  • Meio Salto – os motivos alinham-se de forma alternada, ideais para desenhos que não exijam marcação visual.

O grid no rapport

Para tornar possível a criação de mais alternativas e visualizar as relações de figura e fundo, como também testar novos sentidos e ritmos, é possível utilizar um recurso conhecido como grid (grade).

O grid permite que o módulo seja aplicado pelo design de superfícies em forma de estampa corrida, como em tecidos a metro e papéis de parede, fazendo com que a compreensão da imagem seja contínua devido ao desaparecimento do seu módulo – padrão infinito.

O mercado da estamparia têxtil

Separamos alguns conteúdos de referência para você que já está – ou quer entrar – para o mercado do design de superfícies. Para começar assista ao vídeo da designer têxtil Clau Cicala com 5 dias de como se inserir no mercado de estamparia.

Recomendamos também acompanhar os trabalhos dos designers:

Criação de rapport em estamparia para moda

Você pode comprar estampas corridas prontas na internet em sites como Shutterstock, porém fazendo isso jamais terá produtos exclusívos.

O ideal é você criar sua própria estampa para fazer peças de rapport exclusivas. Caso queira aprender como são criadas esse tipo de estampas recomendo assistir a esta apresentação gratuita.

Essa apresentação é totalmente gratuita, aproveite!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *