Problemas ao sublimar – Manual COMPLETO de soluções


Você que deseja empreender no mercado de estampas ou já iniciou seu negócio próprio e se viu no sufoco com falhas nas impressão de imagens, leia este artigo e fique por dentro dos principais problemas com que você pode se deparar na sublimação.

Antes de tudo, já adianto que para alcançar a excelência na qualidade dos impressos, é necessário muita paciência, além de conhecimento técnico e prático, que você só irá obter à medida que acumular experiência na área.

Já bateu a insegurança? Calma, você não está sozinho!

Neste artigo você irá identificar as falhas e as causas do que pode estar comprometendo seu trabalho e saberá como evitá-los. Ou seja, não vamos apresentar somente o problema como também a solução.

Então, vamos ao que interessa!

Problemas ao sublimar - Manual COMPLETO de soluções

Confira os 5 problemas mais comuns na impressão para sublimação:

  1. Marcas da folha depois de prensada;
  2. Impressão saindo listrada;
  3. Cores incorretas;
  4. Efeito fantasma;
  5. Umidade.

Marcas da folha depois de prensada

Depois de sublimar o tecido pode acontecer de você notar algumas linhas fracas, uma espécie de diferença de relevos. Isso acontece devido a fusão das fibras do tecido ao longo das bordas do papel transfer.

Marcas da folha depois de prensada

O que fazer para eliminar a marca da folha na sublimação?

Teste diferentes configurações de temperatura na sua prensa, assim como diminuir o tempo de prensagem de 60 segundos para 45, são algumas das formas para se precaver do problema.

Mas tenha em mente que cada peça de vestuário ou tipo de tecido terá configurações diferentes. Portanto, faça um catálogo documentando as configurações para ter como referência.

Outra forma de amenizar as marcas da folha é rasgar com a mão mesmo as extremidades da folha, com isso deixando o “degrau” entre folha e tecido mais suave.

Dicas extra

Você também pode utilizar durante a produção uma folha de foam de alta temperatura, além de almofadas de teflon criadas para a técnica de sublimação.

 

Pensando em começar com estampas? Clique no botão abaixo para conhecer o Jeito Fácil e o Jeito Difícil de começar…

Entenda como Começar a Trabalhar com Estampas sem Precisar Gastar NENHUM Real em Máquinas

 

Impressão saindo listrada

Quando saem listras na impressão chamamos o problema de banding. O banding nada mais é que o aparecimento de linhas de cores diferentes expostas na imagem impressa, como se fossem riscos claros. O problema comumente acontece devido a um conjunto de fatores, tais como:

  1. O primeiro é o entupimento das cabeças de impressão. Como é normal as tintas secarem –  inclusive a sublimática – o fluxo natural da tinta é interrompido, provocando a falta de tinta no material impresso.
  2. A segunda causa é a possibilidade de a cabeça de impressão apresentar desvio de jato
  3. Outro fator que causa esse problema é a falta de tinta.
Impressão sublimática saindo listrada
Essa imagem mostra uma impressão sublimática com banding

Resolução do problema de listras na impressão

Para solucionar esse tipo de problema na sublimação, o recomendado é ficar atento à manutenção de sua impressora.

Acione regularmente a função de limpeza das cabeças de impressão para que possam disparar pequenas quantidades de tinta e evitar a obstrução. Além disso, veja a opção de alinhamento da cabeça e sempre analise os níveis de tinta do aparelho – jamais deixe faltar tinta em sua impressora sublimática.

Vale reforçar, ainda, a importância de ler o manual do fabricante a fim de seguir corretamente as orientações, em especial quanto à manutenção e disposição dos equipamentos no seu estúdio.

problema de sujeira nos roletes da impressora
Não confunda o banding com problemas de sujeira nos roletes da impressora (que você pode ver nesta imagem).

O vídeo a seguir mostra o procedimento de desentupimento da cabeças de impressoras pequenas. Não recomendamos realizar o processo se não tiver conhecimento técnico, porém vale assistir a título de curiosidade.

Cores Incorretas

O problema de cores é muito comum para quem trabalha com sublimação.

Quando você se depara com a distorção de cores no seu impresso, geralmente a primeira coisa que vem à cabeça é algum defeito na impressora.

Nada disso!

Geralmente o problema é causado por utilizar equipamentos e materiais diferentes no processo de sublimação, sendo que cada um possui capacidade única na reprodução de cores.

Cores incorretas na sublimação

O monitor apresenta cores RGB, uma variação de intensidade de luz Red (vermelho), Green (verde) e Blue (azul), enquanto a impressora apresenta um sistema de cores baseado em tinta, CMYK, Cyan (ciano), Magenta, Yellow (amarelo) e Black (preto).

Dessa forma, cada pequeno ponto na tela é o resultado da mistura dos três feixes de luz RGB, assim como na imagem impressa formada pela mescla de pontinhos das tintas sublimáticas. Por isso que esses sistemas diferentes de cores modificam a arte depois da prensagem.

Como resolver o problema de cores na sublimação

O ideal é criar uma referência para que você possa comparar as cores da tela com as impressas no seu produto, ou seja, é só imprimir a paleta de cores que é usada pela impressora.

Inclusive aqui no Estampa Web temos um vídeo e um texto falando sobre usar CMYK ou RGB na sublimação.

Efeito Fantasma

O efeito fantasma ou borrão é o principal tormento para quem trabalha com estamparia em tecidos e malhas.

O resultado final do produto é comprometido com uma sombra nas linhas da estampa, a imagem fica desfocada, como se a tinta tivesse vazado além das bordas.

Efeito fantasma na sublimação
Observe o efeito fantasma logo abaixo das letras da estampa.

Dois fatores causam o efeito fantasma (borrão) na sublimação:

  1. quando o papel impresso por sublimação se desloca no instante da prensagem, e ao se mover em um ambiente com a temperatura muito alta, o tecido estampado fica com os resíduos do papel que deslizou, causando o efeito fantasma.
  2. quando o tecido/malha encolhe de mais por causa do calor da prensa térmica, o que acaba deformando o mesmo durante a prensagem.

Como evitar o efeito fantasma na sublimação?

Há duas formas, ou melhor, dois produtos que você irá usar para eliminar o fantasma nas suas produções.

Em materiais rígidos, o ideal é utilizar uma fita térmica ou de acetato para garantir uma fixação correta do papel no produto sem o perigo de deformar e deixar marcas e resíduos tanto no produto quanto na prensa.

Aplique uma quantidade mínima de fita e remova rapidamente os substratos após a prensagem.

Já em materiais de vestuário, como camisetas por exemplo, a opção acertada é o spray adesivo. Sem exagero, borrife o spray apenas na parte da imagem do papel transfer numa distância de 10 centímetros, então pressione-o contra o tecido.

spray para sublimação

Para remover corretamente o papel transfer, basta deixar uma parte do papel para fora da prensa e, segurando-o durante o processo, remova o papel levantando-o rapidamente logo que a prensa começar a abrir.

Dicas extras

  • Utilize o papel para tecido, conhecido como papel de fundo azul, pois é tratado para sublimação.
  • Se você sublimar camisetas, faça uma pré-prensagem do tecido antes do trabalho final – a ideia é aquecer o tecido por cerca de 4 a 5 segundos na temperatura igual a que você irá fazer a prensagem final. Além de contribuir para eliminar a umidade, a pré-prensagem irá evitar o encolhimento do tecido durante a impressão, impedindo que a imagem fique desfocada.
  • Antes de aplicar o spray adesivo, veja as instruções do fabricante, pois há marcas que orientam agitar a lata por até cinco minutos antes de usá-lo.

Umidade na sublimação

Os principais problemas causados pela umidade do ambiente são: mudança de cor no impresso, transferência desigual de tinta em áreas sólidas, além de sangramento na imagem.

O papel transfer deve entrar seco na impressora para poder receber a tinta e também antes da transferência, a fim de evitar que a umidade seja absorvida pela mídia. Portanto, é fundamental você ter um local adequado para armazenar o material.

Como resolver os problemas com umidade

Em tecidos, é interessante você fazer uma pré-prensagem por uns 10 segundos, como já havia escrito anteriormente.

Quanto ao papel transfer, tenha um recipiente que você possa selar para estocar o papel. Você também pode utilizar folhas de jornal para absorver a umidade ou ainda fazer colocar o papel na prensa por alguns segundos.

Outra forma interessante é ter uma estufa desumidificadora para retirar a umidade do papel transfer. Nesse caso você pode comprar uma estufa sublimática ou colocar a mão na massa e produzir a sua estufa, conforme o vídeo a seguir:


Como você pode ver, você pode se defrontar com diversos problemas ao sublimar, porém todos perfeitamente contornáveis. Aqui no texto apresentamos soluções simples e práticas que podem ser implementadas por qualquer pessoa com um pouco de paciência e determinação.

Se tiver passando por outros problemas ou ainda tiver outras dicas para resolução de erros na sublimação, deixe nos comentários abaixo que faremos questão de manter este artigo atualizado.

Review do leitor
Data
Opinião
Guia muito completo de resolução de problemas na sublimação. Parabéns a toda equipe do Estampa Web envolvida na criação deste artigo.
Nota
51star1star1star1star1star
17 comentários em “Problemas ao sublimar – Manual COMPLETO de soluções
  1. bom dia tenho uma prensa de 1,00×0,70 quando vou fazer sublimaçao total o tecido fica com umas marcas como estrias, a base da prensa é de feltro

    1. Tente virar o feltro de lado e veja se as estrias permanecem no mesmo lugar. Se mudar é porque o feltro está com problema.
      * outra coisa a ser verificada é se toda a chapa está esquentando uniformemente.
      ABRAÇO

  2. Boa tarde! Achei muito interessante este artigo, muitos que estão começando vão se valer bem dele, porque sintetizaram num lugar só, tive problemas e vi muuuitos vídeos, artigos e etc, sobre estes problemas acima mencionados, inclusive fiz uma estufa baseado neste vídeo que postaram no artigo…acredito que devam falar de um problema que encontrei e vi em vários lugares pessoas passando o mesmo, a marca da prensa nas camisetas (um quadrado), porque eu tenho uma prensa 38×38, que já veio com o teflon, só que ele é exatamente do tamanho da prensa, o que mesmo fazendo uso dele marcava as camisetas, agora comprei duas folhas de teflon maiores que a prensa, uma coloquei na parte de cima e outra na parte de baixo da mesma, e não tive mais problemas com marca de prensa na camiseta…Fiz a estufa mais ainda não precisei usar,pois parou de dar marcas de roletes nas minhas impressões, fiz por este motivo…Parabéns pelo artigo! Att; Daniele

  3. BOA TARDE:
    Estou começando agora no mundo da sublimação,estou gostando muito do que estou aprendendo, cada arte que crio é uma emoção unica. mas estou muito insegura a tinta da impressora não sai direito fica com a cor rasada,já pensei em vende a maquina e parar com tudo.As tuas dicas está me ajudando bastante.
    MUITO OBRIGADA

  4. Olá estou começando agora no ramo e estou com o seguinte problema, e que quando prenso uma camisa sempre sai borrões de vermelho nas bordas, mesmo a imagem nao tendo nada de vermelho, a imagem sai perfeita com todas as suas cores mas nas bordas sempre sai um borrão vermelho, entao gostaria de saber se alguem pode me dar uma dica de como resolver.

  5. O meu problema é que mesmo usando pepel manteiga esta saindo ruidos de tinta nas camisas entre as palavras (não é efeito fantasma) e sim sujeira.

  6. Olá, tudo bem? Toda vez que prenso camisas (principalmente brancas) aparecem linhas azuis por toda a camisa. Qual seria o motivo?Desde já agradeço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *