Recuperação de matrizes serigráficas (desgravação) – como fazer


Para recuperar as matrizes após concluir a impressão em serigrafia, caso tenha utilizado tinta a base de água, recolha os resíduos de tinta que estão sobre a matriz e o rodo e guarde. Leve a matriz até um tanque e lave-a com água corrente. Para remover esta tinta que está sobre a matriz utilize uma esponja.

Se você concluiu todas as impressões com esta tela e não deseja reproduzi-la mais, proceda da seguinte forma: após lavar a tinta, deixe escorrer um pouco a água e em seguida com uma estopa passe removedor de emulsão dos dois lados da matriz. Deixe agir de 8 a 15 minutos ou até que comece a soltar a camada de emulsão. Encaminhe novamente a tela até o tanque com uma mangueira com um jato forte d’água ou máquina de pressão. Você verá que a camada toda será removida, mas o processo não está concluído.

Devemos agora tirar todos os resíduos de tinta e emulsão, passando álcool dos dois lados com duas estopas em movimentos circulares para que a mesma fique completamente limpa (este processo é indicado para emulsões à base de água). Caso a emulsão seja à base de solvente a tinta seria limpa com solvente ou tinner e, logo após, desengraxada e começa novamente o ciclo de confecção de matrizes serigráficas que você pode ver clicando aqui.

FONTE: Revista Serígrafo

6 comentários em “Recuperação de matrizes serigráficas (desgravação) – como fazer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *