Sublimação e serigrafia


Recebo diversos e-mails de pessoas me questionando sobre o que é e o que não é possível fazer usando as técnicas de estamparia Sublimação e Serigrafia (silkscreen).

É incrível o número de pessoas que por desconhecimento acreditam que sublimação serve somente para fazer produtos de qualidade inferior. Assim como de pessoas que acham que serigrafia é uma técnica ultrapassada que vai morrer aos poucos.

Sublimação e serigrafia

Para derrubar estas crenças de uma vez por todas resolvi gravar um vídeo onde mostro alguns dos produtos que desenvolvemos aqui na empresa, dentre eles:

  • Blusas femininas com elastano;
  • T-shirts e camisetas em poliviscose (malha PV);
  • Regatas e camisetas em malha flamê;
  • Boardshorts e bermudas sublimadas em microfibra;
  • Camisetas e vestidos em algodão e PV com silk.

Neste vídeo você observa como trabalhar com estamparia em roupas necessita de mais de uma técnica, ou seja, dificilmente você verá uma marca que usa somente sublimação ou somente serigrafia.

Mitos quebrados no vídeo

  • Sublimação só serve para camisetas promocionais;
  • Sublimação tem pouca qualidade e durabilidade;
  • Serigrafia é uma técnica extremamente cara;

Verdades comprovadas no vídeo

  • Sublimação funciona somente em materiais de poliéster;
  • Serigrafia não tem uma definição tão grande quanto sublimação;
  • Serigrafia “aceita” mais tipos de tecidos/malhas que a sublimação.

Como você pode ver neste vídeo, fazendo um mix entre serigrafia e sublimação você poderá produzir praticamente qualquer tipo de produto. Nesse vídeo foquei na confecção, mas o mesmo vale para brindes, decoração, etc.

Sei que é caro e trabalhoso trabalhar com as duas técnicas, porém não se esqueça que existe a possibilidade de você se aperfeiçoar em uma delas e terceirizar a outra…

Sublimação ou serigrafia, qual é a melhor?

Você tem dúvidas sobre com qual técnica de estamparia trabalhar? Chega a brigar com seus clientes e amigos por achar que a sublimação é melhor que a serigrafia (ou vice-versa)?

Espero ter lhe ajudado a clarear a relação de “amor” que existe entre sublimação e serigrafia! Qualquer dúvida deixo os comentários abaixo em aberto… ABRAÇO

8 comentários em “Sublimação e serigrafia
  1. boa noite!
    no vídeo acima vc mostra os tipos de tecidos para tipos de estampas.
    Mais não mostrou como funciona o transfer para algodão claro e escuro com tinta pigmentada…
    gostaria de saber se é o mesmo princípio da silk… Mais com qualidade inferior, pois quero começar uma micro empresa de camisetas , só com algodão, mais vou trabalhar e pretendo trabalhar com transfer pois é bem mais em conta. .. me ajuda. ..
    Muito obrigado

  2. Olá Marco, tudo bem? Primeiramente parabéns pelo blog! Tenho aqui duas dúvidas de iniciante: se eu adquirir uma impressora epson pequena não terei direito à garantia do fabricante? (já que terei que adaptar o bulk com tinta sublimática) E você sabe se malha PV poliviscose (67% poliéster e 33% viscose) aceita razoavelmente a sublimação, pois considero um tecido bom, não amassa e não retém tanto calor que nem o poliéster. Obrigada desde já.

  3. Olá,

    Preciso confeccionar uma número considerável de camisetas para minha empresa e gostaria de saber se vocês oferecem este tipo de serviço.
    Assisti o vídeo e a qualidade me parece muito boa.
    Entre em contato (34)998135040

  4. Olá,
    então fiquei com duvida em relação a viscolycra que você usou para fazer sublimação.
    Qualquer viscolycra aceita sublimação? se não qual o tipo que sublima?

    Obrigada!

    1. Olá… a viscolycra verdadeira (viscose + elastano) não aceita sublimação sem uso de técnicas adicionais.
      Malhas parecidas que aceitam precisam ter poliéster na composição.
      ABRAÇO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *