Estamparia Digital Direta (DTG) – a revolução do silk digital


A tecnologia digital tem sido cada vez mais determinante para a competitividade do setor industrial têxtil. Tanto que a área de estamparia conta com uma importante aliada: a impressão digital direta para vestuário, também chamada de impressão DTG, Silk Digital, Serigrafia Digital ou ainda estamparia digital direta.

A estamparia digital é forte tendência no mercado. No último ano foi registrado um crescimento enorme nesse mercado se comparado o ano anterior, comprovando o enorme potencial desse segmento.

Estamparia Digital Direta (DTG) - a revolução do silk digital

O que é a Estamparia Digital Direta?

A impressão digital direta DTG (“Direct to Garment”) é um processo de impressão em tecidos e roupas que utiliza a tecnologia de jato de tinta especializada ou modificada. A peça de vestuário ou rolo de tecido passa sob a cabeça de impressão do equipamento, onde a tinta é lançada em alta resolução diretamente nas fibras do tecido.

Você sabia? O termo inglês “Direct to Garment” significa direto ao vestuário.

Em outras palavras, você pode estampar qualquer imagem diretamente na peça acabada, uma camiseta, por exemplo, e sem limite de cores.

Principais vantagens da impressão digital DTG

A principal vantagem da impressão direta para vestuário é a capacidade de produzir lançamentos únicos e de produção pequena sem os custos de instalação associados a outros métodos, como a serigrafia.

Outro diferencial é a possibilidade de estampar tanto peças de algodão quanto de poliéster e dry fit (poliamida). O que por si só já é um grande avanço, se considerarmos que a técnica de impressão por sublimação exige 100% de poliéster na composição do tecido para alcançar qualidade total no produto final.

DTG de grande porte da marca Kornit
Na foto: duas DTG de grande porte da marca Kornit.

Além disso, você também pode estampar tecidos  escuros, pois as impressoras DTG conseguem imprimir tinta branca.

O resultado final é excelente em termos de definição, cor, tato e durabilidade. O processo de impressão é rápido, envolve pouco trabalho e poucos consumíveis.

O processo de produção DTG

Apesar de inúmeras vantagens da impressão digital, é fundamental atenção total quanto à qualidade do pré-tratamento, do ambiente e do tipo de camisa que será estampada.

O vídeo acima mostra todo o processo de produção DTG. Não deixe de assisti-lo.

Pré-tratamento

Há duas formas de realizar o pré-tratamento: o offline e o inline.

O processo offline é  geralmente aplicado ao usar tinta branca em camisetas escuras e requer mais trabalho manual que o inline. Você ou um operador irá aplicar o pré-tratamento na camiseta, secá-la e carregá-la na impressora.

Após espirrar o spray na prensa térmica (o mais comum) ou transferi-lo por meio de papel, você vai prensar a camiseta por 30 a 45 segundos ou curar por meio de um transportador. Caso o pré-tratamento não for uniforme na área de impressão, o resultado será comprometido.

Um detalhe importante é quando aparece um contorno quadrado na camiseta depois da prensagem, ele desaparece após a primeira lavagem.

Já no processo inline, basta inserir a camisa na máquina, pois ela irá realizar tanto o pré-tratamento quanto a impressão. Mas tome o cuidado de borrifar o spray uniformemente.

Por não ser preciso contratar operador, o custo de pré-tratar diminui e o material de pré-tratamento inline evapora totalmente no processo de cura, não sendo necessário a lavagem da camisa. No entanto, leve em conta a instalação de um secador que tenha maior capacidade para evaporar o pré-tratamento e a tinta após a impressão.

Para facilitar sua compreensão, assista ao vídeo que mostra as etapas da produção, desde o pré-tratamento até a impressão.

Ambiente

Em relação a umidade do ambiente onde se encontra sua máquina DTG, é necessário manter uma porcentagem de 45% a 70% para obter resultados de qualidade. A umidade afeta as impressoras com cabeças que disparam gotas de tinta menores (menor picolitro).

A temperatura também influencia no disparo de tintas. A tinta é à base d’água e não pode variar durante a impressão. Impressoras DTG também terão problema de qualidade quando as temperaturas na área de trabalho não forem controladas principalmente no verão.

Outra precaução a ser tomada, é posicionar a impressora longe de portas e áreas sujas e de grande tráfego de pessoas, a fim de evitar a contaminação do equipamento.

Tipo de camisa

Apesar de o pré-tratamento ajudar a manter a cor da tinta sobre as fibras do tecido, essa absorção varia de acordo com a marca e o fabricante. Portanto, evite trocar muito de fornecedores e estabeleça parâmetros bem definidos. Não esqueça também de verificar com seus fornecedores as configurações adequadas de pré-tratamento.

camiseta impressa em silk digital dtg
Site de camisetas como o Camiseteria imprimem muitas de suas peças em DTG.

Equipamentos necessários para estamparia digital direta

A impressora que você irá adquirir será de acordo com o material que você optar em trabalhar. Se for personalizar camiseta ou tecidos na cor branca, uma impressora de quatro cores (Ciano, Magenta, Amarela e Preta) é  suficiente.

Agora, se você pretende estampar tecidos escuros ou coloridos, o ideal é utilizar um equipamento de seis cores.

Veja a lista de materiais necessários para começar  seu negócio de silk digital.

  1. Impressora com ou sem a cor branca.
  2. Tinta têxtil (Ciano, Magenta, Amarelo, Preto e Branco).
  3. Solução/spray para o pré-tratamento.
  4. Prensa térmica ou câmara de cura.
  5. Kit de limpeza para o cabeçote da impressora.
Equipamentos necessários para estamparia digital direta
Brother GT-3 que imprime diretamente em tecidos diversos.

Tintas para impressora DTG

As imagens são impressas por uma tinta especial, específica para tecidos de algodão com pigmento à base d’água.

O gasto médio de tinta numa impressão em camisa branca é de 15 ml por m² de CMYK, e para outras cores de camisetas, 25 ml por m² de tinta branca e 15 ml por m² de CMYK. O valor do custo da produção de estampas em camisetas coloridas geralmente é o dobro da camisa branca.

As tintas têxteis são vendidas tanto em litro quanto fracionadas e o software RIP também tem fácil regulagem da densidade da tinta branca.

A título de curiosidade veja o abastecimento de tinta de um cartucho de DTG da marca AnaJet (esse processo pode varia de máquina para máquina):

Preços e custos do Silk Digital

A estamparia digital direta DTG é considerada por muitos a melhor técnica de estamparia. A qualidade do produto final é muito elevada, além de ter uma produção rápida e de fácil manuseio.

Essas características acabam elevando também o custo do silk digital. Uma impressora de pequeno porte pode custar até R$ 80 mil reais.

A impressão de cada camiseta varia em torno de 1 a 2 reais em camisas de tecido cor branca (contando somente custo direto como tinta).

Pensando em começar com estampas? Clique no botão abaixo para conhecer o Jeito Fácil e o Jeito Difícil de começar…

Entenda como Começar a Trabalhar com Estampas sem Precisar Gastar NENHUM Real em Máquinas

Principais marcas de máquinas DTG

Devido ao alto investimento na compra de uma impressora DTG, é extremamente importante você pesquisar por uma marca que tenha credibilidade no mercado e que invista em pesquisa e inovação na área.

Outra questão é a certeza de o seu fornecedor oferecer excelência no suporte técnico com equipe especializada (por mais que cuide de sua máquina você terá sim custos com manutenção).  

imprima diretamente em camisetas de algodão coloridas e pretas com a serigrafia digital
Imprima diretamente em camisetas de algodão coloridas e pretas com a serigrafia digital.

Na dúvida de qual a melhor máquina para adquirir, há marcas no mercado específicas para impressão digital e outras que também começaram a investir nessa tecnologia.

Dentre as principais marcas estão:

  • Epson;
  • Kornit;
  • DTG Digital;
  • Brother;
  • Anajet.

Clique no link e acompanhe o vídeo que apresenta a impressora EPSON SureColor F2000.

Considerações finais sobre DTG

A impressão digital direta DTG certamente é um grande avanço no mercado de estamparia, porém, talvez esse ainda não seja o melhor caminho para quem está iniciando o negócio próprio com pouco capital para investir numa impressora DTG.

Como alternativa, é possível fazer um investimento muito menor e ainda ter um bom acabamento com filmes de recorte para impressão digital e sublimação.

Esse serviço também pode ser terceirizado com empresas que possuem máquinas de grande formato e que além de imprimirem a estampa, também entregam o material recortado.

Ainda assim, acredito que em pouco tempo a estamparia digital direta será disseminada em solo brasileiro, pois os avanços tecnológicos são cada vez mais rápidos no mundo contemporâneo em que vivemos. E quanto maior a oferta de impressoras DTG, menor será o seu preço.

Então, o negócio é cruzar os dedos e torcer!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário, sugestão, dúvida e até a próxima matéria.

Review do leitor
Data
Opinião
Entrei para o mercado DTG em 2016 e apesar dos tropeços hoje estou contente com os resultados. Tenho uma empresa de camisetas de alto padrão que comporta os altos custos de trabalhar com impressão digital direta.
Nota
51star1star1star1star1star
4 comentários em “Estamparia Digital Direta (DTG) – a revolução do silk digital
  1. Gostei demais do vídeo. Ele atende as minhas necessidades, porém gostaria de saber , quem usa essa te cnologia e presta serviços a terceiros!!!
    Obrigada
    Ana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *